HALL DA FAMA    MERCADO DA BOLA    JOGOS DO DIA    CAMPOS    ATLETAS
Usuário:    |  Senha:  
 
   
 
  27/03 - FOTOS DA 1ª RODADA DA COPA MOURA POKARBET 2023 JÁ ESTÃO DISPONÍVEIS, CONFIRA!      |      26/01 - POKARBET, O JEITO CAPIXABA DE TORCER E SE DIVERTIR!  
NOTÍCIAS

Data: 29/03/2023
  

UNIFICAÇÃO! CF7 BRASIL E FUTEBOL 7 BRASIL SE JUNTAM PARA FORMAR A CONFEDERAÇÃO AINDA MAIS FORTE PARA A MODALIDADE.

CF7 Brasil e Futebol 7 Brasil travam uma batalha de persistia há quase 10 anos, restringindo participações de equipes e atletas e agora tudo isso acabou. Com a unificação, grandes expectativas são geradas por atletas, diretores, presidentes e ligas de todo o Brasil, ainda para 2023

Entrevistamos Camilo Neves, multicampeão do Fut7 Nacional e Internacional, para falar sobre essa repercussão:

- Camilo, nos conte um pouco da sua história dentro do Futebol 7 Brasileiro?

- Quando eu voltei para o Espírito Santo, 2010, aos 19 anos, o futebol de 7 tinha começado a entrar numa crescente, o governo do estado, à época, construiu muitos campos, chamados "os campos bons de bola", né? E aí eu estava jogando profissionalmente fora e fui convidado já naquele ano, para entrar no futebol de sete. Foi quando eu me apaixonei pela modalidade. Já no meu primeiro ano fui convocado para seleção capixaba fui vice-campeão capixaba fui vice-campeão metropolitano também fui eleito o melhor jogador das duas competições e ali iniciou a minha história.

- Em 2013, três anos depois, eu tive minha primeira convocação para seleção brasileira, quando eu já fui campeão da Copa do Mundo já pela Futebol de 7 Brasil. E lá também já existia essas brigas de federação que, na minha opinião sempre deixei isso bem claro a todos os presidentes ao Rodolfo, hoje o Peixoto, ao Hugo e a todos que passaram pela presidência de alguma federação que isso só faz a modalidade andar para trás.

- Cada um em um momento teve uma federação que se estivesse destacando mais, mas enfim, a divisão de federações atrapalha não só a modalidade, como os atletas e as pessoas que querem trabalhar e terem algum tipo de renda nesse esporte.

 - E aí, depois disso, eu tive nove convocações com a Futebol 7 Brasil, nove convocações. Nove títulos, nunca perdi nenhum jogo com a camisa da Seleção Brasileira, de nenhuma das três federações, nem da CBF7, nem da CF7 Brasil, nem da Futebol 7 Brasil. Sou um dos poucos atletas no Brasil que defendeu todas as federações. E assim, continuo escrevendo um pouquinho do capítulo da minha história, mas nesse meio do caminho realizei sonhos, bicampeão do mundo, tricampeão da Copa América, bicampeão da Copa Intercontinental, campeão de desafios internacionais, dentre outros. Campeão brasileiro, campeão da Libertadores, fui o melhor jogador da Copa do Mundo, consegui representar times grandes como Curitiba, Atlético Fluminense, Flamengo, Flamengo inclusive meu time do coração, aqui do Espírito Santo acredito que eu também defendi as principais camisas, BR Samor, Unicapixaba, Santo André, Os Mendes, Álvares Cabral, enfim, acho que eu todos os... Todos não, né? Porque quando eu realizar todos eu vou parar, mas realizei a maioria dos meus sonhos no futebol de sete.

- Também fui eleito melhor jogador do ano do Espirito Santo por duas vezes, melhor pivô por 3 vezes, artilheiro já não tenho em mente, não tenho na cabeça, mas eram títulos individuais que para mim tinham valor depois eu consegui entender que os títulos individuais, mais um prêmio né, que o importante é o título coletivo, porque fica na história.

- Fui também o melhor jogador da Libertadores, o maior assistente da Libertadores, melhor jogador da final da Copa América por duas vezes, fui em 2018, o melhor pivô do mundo de futebol 7, enfim. História recheada graças a Deus.

- Camilo, sobre a bomba do dia: unificação das federações: CF7 Brasil e Futebol 7 Brasil, o que a modalidade tem a ganhar com essa unificação?

- A modalidade só tem a ganhar com essa unificação, foi um dia histórico! Inclusive ontem estava conversando com algumas pessoas envolvidas, algumas delas choraram inclusive, é uma luta de ego, uma briga de vaidade, é cada um que tem seu trabalho prestado e que também não quer entregar, tem medo de não ter continuidade, então assim, foram muitos anos que a modalidade estava dividida e hoje essas pessoas tomaram essa decisão pensando em pró da modalidade, tiraram seus egos da jogada suas vaidades pessoais e hoje pensaram no coletivo. A modalidade só tem a vencer.

- Camilo, sabemos que: as duas confederações já formaram o calendário de 2023 com os campeonatos Brasileiros, regionais, etc.… o que acha que será feito com o calendário de 2023?

- À princípio vai ser um calendário mais competitivo. As equipes vão esperar campeonatos mais disputados. Hoje o campeonato de Futebol 7, se alguém conseguir vencer algum campeonato agora, vai ter a certeza de que vai ganhar um campeonato muito disputado. Ou seja, as outras equipes mais embaixo vão sentir que vão ter que fazer mais investimentos, isso para quem participa da modalidade é melhor, para os atletas que vão passar a serem melhor remunerados, os times vão passar a se estruturar mais... isso é uma luta, uma briga de muitos anos que está sendo coroada hoje, então assim, só tenho a agradecer as pessoas envolvidas nisso. Então, muita coisa legal vai acontecer, só tenho a agradecer, muito mesmo. Sou grato, por tudo que vivi nesses anos todos, hoje estou fazendo parte desse momento histórico!

 Pedimos ao Camilo para mandar um recado para os amantes do Futebol 7 de todo o Brasil:

Que muitos disputaram os seus caminhos, todos tem seus méritos um foi campeão brasileiro de uma federação outro de outro todos seguiram um caminho que é por tempo achasse que fosse mais justo, ninguém é culpado de nada só que: isso foi um tempo sombrio em que as pessoas jugavam e  usavam da vaidade pra comandar uma modalidade e que agora modalidade está dando um passo enorme pra frente e que pode agora a partir disso ajuda muito crescimento não só das equipes como dos atletas dos ídolos do esporte porque nenhum esporte vive sem ídolos e a gente precisa disso. Então que Deus toque na cabeça dessas pessoas que hoje estão no comando, que eles possam com muita lucidez tomar mais decisões desse tipo que beneficia a modalidade.

De fato, um marco importante para a modalidade. O que esperar? Certamente coisas boas virão!








LEIA TAMBÉM!

Golaços e jogos maravilhosos marcam a 1ª Rodada da Copa Moura POKARBET 2023.
Grandes jogos e golaços foram o diferencial na primeira rodada.
A COPA MOURA POKARBET VAI COMEÇAR!
Copa Moura POKARBET começa nesta quinta-feira, 11, com 30 equipes divididas em 3 séries (A, B e C) com as principais equipes dos Estado do Espírito Sa
LAVVE E BOLEIROS FAZEM FINAL INÉDITA NA COPA MOURA REVENDA VPN FUT7 2023
O Lavve busca seu primeiro título na competição, já o Boleiros tenta o Tetracampeonato.
LAVVE E BOLEIROS VENCEM E SÃO FINALISTAS DA COPA MOURA REVENDA VPN FUT7 2023
A Final acontece na próxima quinta-feira, às 20h30min horário de Brasília, com transmissão ao vivo pelo Canal da Moura Eventos TV, no Youtube.
CAMISAS PESADISSÍMAS MARCAM O ÚLTIMO JOGO DAS QUARTAS DE FINAIS.
Divino e Boleiros se enfrentam na próxima sexta-feira às 21h40min horário de Brasília, decidindo a última classificação para a semifinal!

CRAQUE DA RODADA
ENQUETE

Esta gostando do novo site?




RANKING


PARCEIROS


Copyright© 2024 MOURA EVENTOS ESPORTIVOS.